Reverência e Temor no Culto a Deus

O Senhor, porém, está no seu santo templo; cale-se diante dele toda a terra” (Hc 2.20).

No passado houve e nos dias atuais há exageros com respeito à reverência no culto a Deus. Sou de um tempo em que apenas alguns instrumentos musicais eram considerados reverentes e próprios para serem usados no culto. Quando criança, mesmo depois do culto acabado, o templo continuava a ser um lugar de reverência: as crianças não podiam correr nele, as conversas deveriam ser aos sussurros e era de bom tom manter sempre um ar sério e austero. Sem duvida, havia uma formalidade além da conta. Por outro lado, o exagero de hoje se dá justamente pelo contrário: falta formalidade de tal forma que sequer somos reverentes no culto a Deus.

Aqueles que tem pouco mais que trinta anos devem lembrar que quando crianças havia uma certa rotina a se cumprir ao se chegar à igreja. Primeiro, chagava-se a tempo de cumprir essa tal rotina que consistia basicamente em fazer xixi, beber água e acomodar-se no templo – tudo isso antes que o culto começasse! Uma vez começado o culto, ficaríamos onde estávamos até depois do “Amém Tríplice”. Nossos pais faziam questão que fosse assim. Lembro-me que as crianças sentavam-se com seus pais e que eles sempre nos lembravam da tal reverência na casa de Deus.

Em tempos não muitos distantes, os oficiais da igreja, presbíteros e diáconos, tinham autoridade. Se escapássemos de nossos pais durante o culto, certamente seríamos apanhados por um diácono e este nos reconduziria ao lugar junto daqueles. Parece que naquela época os pais tinham vergonha de ter filhos mal educados e irreverentes.

Hoje, sem ser saudosista, posso dizer que é tudo muito diferente nas igrejas. Primeiro, chegar pontualmente já um suplício. Imagine chegar mais cedo! E parece que não percebemos que atrasar-se constante e deliberadamente para o culto é falta de reverência. Mas o problema é sistêmico. Uma coisa leva a outra. Depois de chagarmos atrasados, faltamos com a reverência no culto a Deus porque não conseguimos adiar a saciedade de nossa sede. Sempre que ela surge simplesmente nos levantamos para pegar um copo d’água. Também tem o xixi dominical que só pode ser feito no meio do sermão. E os benditos celulares que, tocando ou em silêncio, impõem sempre a necessidade de serem atendidos. E até aqui só falei do comportamento dos adultos.

Os jovens, com relação à reverência, são vitimados pela falta de referência. Muitos não observam em seus pais o zelo devido no culto a Deus. Os pais são complacentes e preferem não enxergar que seus filhos não temem Deus. Por exemplo: o que fazem os pais quando são informados que seus filhos, durante o culto, em vez de adorarem ficam jogando em seus celulares e/ou trocando mensagens eletrônicas? Nossos filhos sentam no fundo da igreja e nós simplesmente damos as costas para a irreverência deles.

O culto a Deus exige ordem e decência (1Co 14.40). Se não pelo constrangimento de estarmos adorando Aquele que é Santíssimo (Is 6.3-5), por amor e consideração ao Único Digno (Ap 5). Reverência é algo que está extremamente ligado ao nosso conhecimento a repeito de quem é Deus, do que Ele fez por nós em Cristo e, também, do nosso conceito sobre o que é culto. Um texto que decorei quando criança vem sempre a minha mente quando estou adorando a Deus: “Guarda o pé, quando entrares na Casa de Deus” (Ec 5.1a), em outras palavras, “Quando você for ao santuário de Deus seja reverente” (Ec 5.1, NVI).

Leia também Reverência e Temor na Vida

Pr. Aláuli Oliveira

 

4 comentários em “Reverência e Temor no Culto a Deus

  1. […] Cristã Autêntica Início « Paixão de Cristo Reverência e Temor no Culto a Deus […]

    Curtir

  2. Ribamar disse:

    Concordo, como pais precisamos orientar mais os nossos filho para que os mesmos sejam reverentes ao Senhor.

    Curtir

  3. Objetivo em seus argumentos. Excelente texto!! abraços!

    Curtir

    • Aláuli Oliveira disse:

      Obrigado, Ramon. Deus o abençoe.
      Aproveito para informar que postarei apenas no site da igreja que pastoreio.
      Se quiser fazer uma visita, clique aqui.
      Fique na paz.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alteração )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alteração )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alteração )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alteração )

Conectando a %s